Selecione a Página

O nascimento da World Wide Web em domínio público é comemorado nesta quarta-feira, 30 de abril. A data ficou marcada em 1993 quando o CERN anunciou que o sistema seria gratuito para qualquer pessoa e liberou todas as suas ferramentas. Foi o caráter aberto do software-base que permitiu o avanço da Internet e o boom de blogs, redes sociais e demais sites.

Isso também significa que – há exatos 26 anos – estavámos presenciando a revolução da comunicação mundial e da forma como compartilhamos conhecimento. “Há pouquíssimas inovações que realmente mudaram tudo”, comentou o CEO do World Wide Web Consortium, Jeff Jaffe, em março deste ano. “A Web é a inovação mais impactante do nosso tempo”.

A World Wide Web nada mais é do que um sistema de documentos armazenado na Internet que permite aos usuários acessarem textos exibidos em formato digital – que podem ser imagens, sons, vídeos e textos propriamente ditos. Mas este sistema só pode ser alcançado por um programa de computador: o famoso navegador.

Inventor da World Wide Web, Tim Berners-Lee, em 1994. Imagem: Divulgação / CERN

Em resumo, podemos dizer que a World Wide Web é o caminho que nos permite usufruir de todo o conteúdo disponível na Internet. Atualmente, vivemos na chamada Web 3.0 – fase caracterizada por sistemas de busca cada vez mais inteligentes e pela publicação de conteúdos personalizados. Antes disso, no início dos anos 2000, a Web 2.0 era conhecida pela forte interação entre páginas e usuários, que passavam a criar seu próprio conteúdo em vlogs e fotologs.

“Milhares de pessoas trabalharam em conjunto para construir o início da Web em um espírito incrível de colaboração; outras dezenas de milhares inventaram os aplicativos e serviços que a tornam tão útil para nós nos dias de hoje, e ainda há espaço para cada um de nós criar coisas novas sobre e através da Web. Esta é para todos”, escreveu o físico britânico e inventor da WWW, Tim Berners-Lee, no aniversário de 25 anos do sistema.

Quase três décadas após a World Wide Web se tornar pública, as estimativas apontam para a existência de aproximadamente 2 bilhões de sites. E cada vez mais as pessoas dependem do ambiente virtual – não importa se é para trabalhar, estudar, checar e-mails ou apenas para assistir a vídeos de gatinhos no YouTube. Ninguém mais consegue imaginar uma vida sem a Web. Só no Brasil, são mais de 120 milhões de domicílios conectados, segundo o Comitê Gestor da Internet (CGI).

Só que quando a proposta da WWW foi apresentada por Berners-Lee em 1989, o sistema não despertou o mesmo fascínio. Ao comentar o projeto, o supervisor do físico, Mike Sendall, disse que a proposta era “vaga, porém empolgante” e lhe ofereceu tempo para apresentar um fluxograma modesto e, em seguida, um modelo de trabalho.

fonte: Canaltech e Google, CERN, Pew Research Center e Trojan Room Coffe Pot Biography

continua…