Selecione a Página

Começo da revolução

A World Wide Web não foi originalmente criada para ser usada por qualquer pessoa e de forma gratuita. Em 1989, Tim Berners-Lee desenvolveu o projeto ENQUIRE para a criação de um sistema simples que pudesse integrar os documentos gerados pelos 100 mil cientistas que trabalhavam no CERN (Conseil Européen pour la Recherche Nucléaire ou Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear).

Na época, cada cientista usava hardwares e softwares diferentes, que dificultavam o compartilhamento automatizado de informações entre colegas de trabalho e institutos de todo o mundo.

Robert Cailliau, engenheiro de sistemas do CERN, foi o primeiro parceiro de Tim Berners-Lee no projeto WWW. Imagem: Divulgação / CERN

Este primeiro sistema pode ser chamado de rascunho do que viria a ser a World Wide Web. Em 1984, depois de se afastar um tempo do CERN, o físico voltou e percebeu que o sistema poderia passar por uma “reforma”. Ele ainda funcionava bem, mas a nova proposta era criar algo mais fácil de utilizar. Assim nasceu a WWW, a tecnologia universal para acessar documentos de hipermídia em qualquer servidor do mundo.

A proposta foi apresentada em 21 de março de 1989 para o CERN, que deu o sinal verde – depois que Berners-Lee melhorou o projeto. Em apenas um ano, o físico conseguiu desenvolver o que precisava para que a Web funcionasse: um navegador simples batizado de WorldWideWeb, um software para transformar o PC em servidor e os primeiros sites – que explicavam o projeto.

Captura de tela mostrando o navegador da NeXT, criado por Tim Berners-Lee. Imagem: Divulgação / CERN

Para construir tudo isso, o físico usou o computador NeXTcube, da empresa NeXT, fundada por Steve Jobs. A máquina se tornou o primeiro servidor da história da Web e contava até com um bilhete escrito por Berners-Lee que dizia: “Esta máquina é um servidor. NÃO DESLIGUE!”. O computador ainda é preservado pelo CERN como um item histórico.

Fonte: GoogleCERNPew Research Center e Trojan Room Coffe Pot Biography

continua…